segunda-feira, 12 de janeiro de 2009





Quero correr o pano
Sepultar todas as mentiras
Exilar toda a infâmia
E embrenhar-me no imo...
Para deixar na escuridão, no ermo...
Toda as mazelas que me foi deixada
Por desventura.
Por atroz desengano.

Michelle Matias

Nenhum comentário: