sábado, 14 de fevereiro de 2009







O que fazes sentado sobre o esterco?
Da vaidade
Do orgulho
Do enfático discurso
Da indignação
Dos prazeres sem fundamento
Da sede de possuir o que não está ao alcance das mãos
O que fazes sentado como se toda consternação estivesse em seu coração?
O que fazes da vida além de deixar passar tudo em vão?

Michelle Matias

2 comentários:

Leo Lemos... disse...

Meu Deus, isso é foda... eu não sei o que faço... dê-me a mão, enquanto é tempo......

Michelle disse...

daria, se soubesse pra onde te guiar...mas,nem ao menos sei o meu lugar...