sábado, 14 de fevereiro de 2009




Saí,
A fim de encontrar comigo mesma
Andei por cidades, ruas e becos
na idéia de encontrar em algum lugar
o que em mim está perdido
Procurei incessantemente
ardorosamente por alguma migalha de mim
por um sinal, por um gesto que indique
que ainda há um verdadeiro “eu”
E que este não foi devorado, apagado
pela influência alheia.

Saí,
para dentro de mim.
Percorri todas as mágoas esquecidas
toda a vida que já fazia parte do passado
toda a vida que era presente e toda expectativa do futuro...
Queria entender o que a vida fez de mim.
Queria ver-me.
E quando dei por mim
estava amedontrada, desnorteada...
ouvindo vozes perturbadoras
e pensamentos confusos
Já não sabia
o que
pra que
e nem se era eu.
ou quem era(?)
E por um instante a loucura quase domina o que resta de são em mim.
Michelle Matias.

Nenhum comentário: