quarta-feira, 25 de março de 2009






Nada te ofereço.
Além de indiferente gemido
Além de minha agonia em viver
Minha insatisfação em não amar
Aquele amor lírico, infinito.
Não acredito no eterno
E peso o amor através
De vibrações, instintos.




Michelle Matias

Nenhum comentário: