domingo, 10 de maio de 2009







Escrevo pra colorir o papel gris
Que precisa de palavras que não se diz
Que precisa de inspiração para seguir
Escrevo pra fazer feliz
Pra dizer o que a razão não nos deixa sentir
Pra dizer o que me convém o que me condiz
Escrevo pro preto pro branco pro amarelo escrevo pra ti
Escrevo por que não sei o que vai ser de mim
Escrevo porque não consigo fugir
Escrevo.
Assim consigo existir.
Michelle Matias

Um comentário:

Leo Lemos... disse...

Você: um sopro de vida em minhas linhas tortas. Obrigado...