quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Canibalístico




O amor carcomeu:
Vísceras, sonhos e ilusões
Canibal
Roeu até os ossos




M.M.

Nenhum comentário: